Quais vitaminas são necessárias para a saúde e a beleza do cabelo?

Quais vitaminas são necessárias para a saúde e a beleza do cabelo?

  • Zinco. Com a falta de zinco, aparecem cabelos grisalhos precoces, caspa e até mesmo queda de cabelo em toda a cabeça. O zinco promove a absorção de proteínas e é considerado o principal oligoelemento para a pele e os cabelos.
  • Ferro. A deficiência de micronutrientes é a causa mais comum de queda de cabelo em mulheres. Com a falta de ferro, o cabelo torna-se opaco, quebradiço e rachado em todo o comprimento, e o principal fator que provoca a deficiência de ferro é a queda. Mesmo com um ligeiro desvio da norma.
  • Enxofre. Participa da formação da queratina, que é 80% dos cabelos. Se um oligoelemento entrar no corpo em quantidade insuficiente, o cabelo responde imediatamente à deficiência. O enxofre é responsável pela resistência da estrutura do cabelo, pelo seu brilho e elasticidade. Como um antioxidante natural, protege o cabelo das influências ambientais negativas.
  • Cálcio. Participa de muitos processos fisiológicos do corpo. Com a falta de cálcio, os ossos e os músculos esqueléticos, os cabelos e as unhas sofrem. O cálcio está envolvido no metabolismo diretamente nos folículos capilares, prolongando sua vida. E também nos processos de crescimento e atividade das células, regulação da permeabilidade das membranas celulares, transmissão dos impulsos nervosos. O cálcio praticamente não é assimilado sem as vitaminas D e A, além do fósforo.
  • Fósforo. É uma parte de todos os tecidos, proteínas, nucleotídeos, ácidos nucléicos, fosfolipídios. Desempenha a função de armazenamento de energia sendo parte de compostos de alta energia. No corpo, esse elemento é encontrado em todos os tecidos, mas principalmente nos tecidos musculares e ósseos. O fósforo torna o cabelo elástico, dá brilho natural, uma cor natural rica.
  • Silício. Com a falta de silício, o cabelo fica mais fino, quebradiço e começa a cair. O oligoelemento aumenta a força e a elasticidade do colágeno, estimulando sua produção.
  • Magnésio. A principal característica do microelemento é que melhora a nutrição do cabelo (as substâncias penetram melhor nos folículos). O magnésio está ativamente envolvido na síntese de proteínas, afetando a estrutura do cabelo, evitando o enfraquecimento e queda do cabelo.
  • Vitaminas B6, E e D. Melhoram o metabolismo do magnésio no corpo e vice-versa reduzem o excesso de gordura, cálcio e fósforo.
  • Iodo. A falta de iodo leva a uma interrupção na produção dos hormônios da tireoide. Um dos sintomas da doença é a deterioração do estado do cabelo: fragilidade, secura e queda. Portanto, o iodo é um dos principais elementos para manter a força e aumentar o crescimento do cabelo.

Sem exames especiais, você não será capaz de descobrir quais micronutrientes seu corpo carece. Complexos minerais e vitaminas especiais para o cabelo não resolverão o problema e, às vezes, podem até ser prejudiciais (uma superabundância de alguns elementos pode levar a consequências desagradáveis). O médico deve prescrever complexos minerais após o exame.

  • Para manter o cabelo saudável, alimentos ricos em zinco, cálcio e ferro são recomendados, enquanto a quantidade de proteína e gordura deve ser balanceada e adequada para a idade e a atividade física.
  • As vitaminas são mais bem tomadas com alimentos e os suplementos dietéticos devem ser tomados após exame e consulta com um médico.
  • Os medicamentos que prometem um efeito rápido em um curto espaço de tempo (menos de 3 meses) devem ser evitados.
  • Álcool e nicotina são ruins para o cabelo.
  • O estresse também é contra-indicado.

Aqui estão 10 alimentos que são considerados a base da nutrição, apoiando o metabolismo correto nos folículos capilares. É importante lembrar: para manter a beleza dos cabelos, não é necessária uma dieta alimentar, mas sim uma mudança no comportamento alimentar. Também é melhor consultar um médico antes de fazer uma mudança radical na dieta.

  • Peixe gordo. O peixe vermelho e o peixe branco (como salmão ou salmão, bacalhau) são ricos em ácidos graxos ômega-3, essenciais para a saúde do couro cabeludo. É uma excelente fonte de proteínas, ferro e vitamina B12.
  • Vegetais verdes e ervas. Espinafre, brócolis, couve, feijão verde e aspargos contêm vitaminas A, C e K, que são essenciais para a produção de sebo. Ferro e cálcio estimulam o crescimento do cabelo.
  • Carne de frango. Frango e peru são fontes não apenas de proteína, mas também de zinco. As aves também contêm ferro, que é facilmente absorvido pelo organismo. Com sua falta, o cabelo fica fraco e quebradiço.
  • Legumes. Lentilhas, feijões e feijões são uma fonte essencial de proteína, zinco, ferro e biotina. Graças a esta composição, as leguminosas promovem o crescimento do cabelo e protegem-no da sua quebra.
  • Nuts. Amêndoas, castanhas de caju, nozes e castanhas do Brasil contêm zinco e selênio, que podem ajudar a prevenir a queda de cabelo e desempenhar um papel importante na saúde do couro cabeludo. As nozes contêm ácido alfa-linolênico (ácido graxo ômega-3)
  • Cereais. O pão integral é rico em vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o cabelo. Principalmente devido ao alto teor de zinco, ferro e vitaminas B.
  • Ovos. Outra fonte de proteína, mas os ovos também são ricos em biotina e vitamina B12. A biotina, também conhecida como vitamina B7, é muito importante para a saúde do cabelo, da pele e das unhas.
  • Derivados do leite. Leite, queijo cottage, iogurtes e kefir são excelentes fontes de cálcio, um micronutriente muito importante para a saúde do cabelo. Os produtos lácteos também contêm caseína, uma fonte de proteína.
  • Ostras. Eles contêm muito zinco, que é um poderoso antioxidante.
  • Cenoura. O vegetal é rico em vitamina A, importante para a saúde do couro cabeludo. Além disso, o beta-caroteno tem um efeito benéfico na condição da pele.

Leia mais em: https://nycomed.com.br/follichair-analise-completa/